terça-feira, 25 de setembro de 2012

8 conselhos para montar o guarda-roupa da grávida

Postado por Mah Menezes às 13:08
O jeans não cabe mais e metade do seu guarda-roupa está passando por uma licença forçada. Sua barriga está linda e redondíssima, o sutiã aumentou dois números e o quadril alargou, mas isso não é desculpa para adotar camisetas velhas e macacões largos. Ao contrário: em nenhuma outra fase da vida essas formas arredondadas vão parecer tão bonitas quanto agora. A regra da grávida elegante é valorizar os novos contornos, sem abrir mão do conforto. Reunimos conselhos fashion, montamos looks especiais e entrevistamos uma especialista para você ficar maravilhosa.

8 conselhos para montar um guarda-roupa lindo e confortável

1. Minha amiga, a malha Durante os meses da gravidez e do pós-parto, a malha será sua melhor amiga. Os tecidos que esticam sem esgarçar acompanham a evolução do seu corpo sem apertar ou perder o caimento.

Outra vantagem: elas e podem ser usadas quando a barriga tiver desaparecido. Prefira as blusas, saias, vestidos e calças de malha de algodão, mais molinhas e macias.

2. Decotes e mais decotes Nove entre dez grávidas ficam felizes da vida com o aumento do recheio do sutiã. Armada com um bom modelo para garantir a sustentação dos seios, abuse das blusas e batas com decotes no colo e nos ombros. Tops que exibem a barriga são liberados se você se sente à vontade com a exposição e combinam especialmente com as mães mais jovens, mas devem ser reservados para ocasiões bem casuais, e nunca para ir ao trabalho.

3. Cintura baixa, o retorno
Com a circunferência aumentando a cada semana, é difícil conseguir uma calça que sirva por muito tempo. Os melhores modelos são aqueles com a cintura mais baixa, de preferência com elástico, cordão ou ribana, que acompanham o crescimento. Você também pode mandar as peças para a costureira trocar o cós tradicional por um modelo que estique.

4. Leve e solta Vestido tipo trapézio, recorte abaixo dos seios, vestido-camisa, túnicas, batas folgadas, blusas cachecoeur: todos esses modelinhos retrôs, que faziam o maior sucesso com a sua mãe nos anos 60 e 70 são superconfortáveis e vão deixar você estilosa. Que tal uma visitinha a brechós bacanas? Você pode achar peças legais bem mais em conta

5. Cor sim, estampa não
Roupas de cores lisas e discretas com pequenos detalhes caem melhor. Isso porque estampas aumentam ainda mais a impressão do tamanho e, conforme a barriga for aumentando, pode criar um visual engraçado com desenhos mais esticados aqui e ali. .

6. Acessórios são tudo A não ser que você possa comprar uma coleção de roupas só para esses nove meses, é bem provável que fique com poucas peças para bater no dia-a-dia. Então, o jeito é saber como disfarçar as repetições.

Para dar cara nova a elas, use e abuse dos acessórios, como lenços, mantas, xales, casaquinhos tipo bolero, bijuterias bacanas, cachecóis.... Se as roupas são básicas, eles podem ser multicoloridos.

7. Sapatos, só baixos
Como os pés incham, pode acontecer do seu número de sapato aumentar. Fique esperta e faça compras justamente quando os pés estiverem inchados assim, você garante que o modelo vai ser confortável a qualquer hora. Tanto as sandálias altas quanto as rasteiras não são recomendadas: melhor um salto de quatro centímetros, para facilitar a circulação.

8. Invista no básico Pegar roupa emprestada da prima que já teve filhos? Usar agasalhos velhos? Mandar alargar suas roupas? Nada disso. Ok, você só vai usar a roupa por alguns meses. Mas por isso mesmo vale a pena investir em pelo menos três peças bacanas e bem feitas, com modelagem especial para grávidas e tecidos confortáveis, que resistam a muitas lavagens. Faça a lista: um sutiã reforçado, uma calça preta e um vestido evasé.

0 comentários:

Postar um comentário