quinta-feira, 5 de setembro de 2013

10 dicas de etiqueta na visita ao recém nascido.

Postado por Mah Menezes às 10:32
1. Pergunte à mãe se ela quer receber a visita.
Muitas mães estão cansadas demais para fazer sala pra qualquer um, mas muitas sentem-se sozinhas, especialmente se o pai do bebê já voltou a trabalhar. por isso, o melhor jeito de saber o que a mãe quer é perguntando. caso ela queira, informe-se se ela prefere visitas na própria maternidade ou quando estiver em casa.

2. Avise antes.
Muitas vezes é ruim receber uma visita quando não se está prevenido. com bebê pequeno, pode ser ainda pior. porque o ritmo do bebê é muito intenso e nem sempre sobra tempo para a mãe arrumar a casa ou se arrumar. por isso o ideal é combinar um horário previamente e, novamente, ligar pouco antes de chegar (imprevistos sempre podem acontecer quando se tem um bebê).

3. Não vá se estiver doente.
Você pode amar aquele bebê de todo o coração, mas não vá se suspeitar de qualquer doença. o sistema imunológico de um bebê é muito sensível e os recém-nascidos contaminam-se com facilidade. essa história de ficar de longe e não pegar no colo nem sempre impede que o bebê contraia alguma patologia, visto que algumas enfermidades são transmitidas pelo ar.

4. Ofereça ajuda.
Se você tiver alguma intimidade com a mãe, ofereça ajuda. pode ser lavar uma louça, limpar o chão ou ajudar com alguma tarefa (simples ou complicada. esteja disposto). no pós parto, a maioria das mães sente-se indisposta devido ao cansaço, à recuperação do parto e à adaptação ao ritmo do bebê. por isso, uma ajuda com a casa às vezes é muito mais bem-vinda do que oferecer-se para trocar uma fralda ou dar um banho no pequeno.

5. Chocolates e doces.
Alguns pediatras orientam que, nos primeiros dias ou meses que sucedem o parto, a mãe não consuma doces, produtos com cafeína, açúcares refinados, leite e derivados, dentre outros, por causa da amamentação. muitos bebês sofrem de cólicas nos 3 primeiros meses e às vezes a causa pode ser a alimentação da mãe. por isso alguns pediatras passam uma dieta restritiva afim de tentar reduzir as tais cólicas e possíveis alergias no bebê. melhor então esquecer os chocolates e doces na hora de presentear a nova mamãe.

6. Colo e beijinhos.
Recém-nascidos são irresistíveis, não é mesmo? aquele cheirinho, aquela malemolência… mas muitas mães incomodam-se em entregar seu bebê a outra pessoa. por isso, não peça para pegar. espere a mãe oferecer. se ela não o fizer, contenha-se. e se você achar que não consegue conter o beijinho, prefira dar só uma cheiradinha na cabeça.

7. Lave as mãos.
Quer você vá pegar o bebê ou não, lave as mãos assim que chegar. faz parte da higiene básica e não ofende ninguém, né?

8. Amamentação.
Os primeiros dias de amamentação nem sempre são fáceis. muitas mães encontram dificuldade de amamentar, por diversos motivos. além disso, há mães que sentem-se constrangidas neste momento, outras não. seja discreto e respeite qualquer decisão que ela tomar: caso ela opte por retirar-se para amamentar, consinta. talvez essa seja inclusive sua deixa para encerrar a visita. mas caso ela não faça cerimônia com isso e quem ficar constrangido for você, tente disfarçar o seu desconforto.

9. Meça suas palavras.
Não faça críticas negativas à mãe ou ao bebê. o bebê demorou 9 meses para crescer e fazer aquele barrigão em sua mamãe. nada mais justo que a barriga demore para voltar. além do mais, muitas mulheres incham após o parto. não critique sua aparência, guarde seus comentários para si. tente também não dar palpite quanto aos cuidados do bebê, a não ser que sua opinião seja solicitada. fale baixo e pouco. muita conversa pode deixar o bebê irritado ou até mesmo acordá-lo.

10. Seja breve.
Não espere passar uma hora inteira de papo para o ar com a mãe e o bebê. planeje-se para uma visita curta, com duração máxima de 20 minutinhos. vá, conheça o bebê, compartilhe a alegria da mãe e deixe as visitas mais longas para quando o bebê for maiorzinho.

10 ½. Tenha bom senso.
Todas as dicas acima envolvem a questão do bom senso e respeito. cada mãe é de um jeito, cada gravidez e bebê são de um jeito. não ache frescura ou exagero a mãe querer um pouco de espaço. leve em consideração este momento tão especial e delicado. às vezes você também é mãe e a coisa foi diferente com você. mesmo assim, respeite a individualidade e a decisão desta família.

Texto retirado do blog Potencial Gestante

0 comentários:

Postar um comentário