terça-feira, 6 de maio de 2014

A (minha) Mãe que Eu Quero Ser!

Postado por Mah Menezes às 16:02

Ela deve ter um metro e meio de altura mas dentro dela mora o maior coração do mundo! Nunca conheci mulher mais guerreira e batalhadora, viveu desde seus poucos 17 anos exclusivamente para sua família, dedicou-se totalmente a seus filhos e a dar a eles plenas condições de vestir, comer, estudar, morar... e conseguiu!

Ela tem um cheirinho só dela, cheiro de mãe, cheiro da MINHA mãe! Cheiro de colo quando a gente rala o joelho no pátio de casa, cheiro de mãos mágicas que são capazes de aliviar qualquer dor, cheiro de paciência, de amor e nem o melhor perfume francês consegue apagar e nem que eu viva mil anos vou esquecer.

A minha mãe é só minha, ela é única e em tudo que faço sempre penso nela, em deixá-la orgulhosa, talvez eu não tenha sido a filha mais perfeita mas eu juro que tentei ser.

Minha mãe tem um jeitinho de ficar passando a unha na costura da blusa que quando percebi eu tava fazendo igualzinho! Ela está sempre pronta a ajudar, pra ela não existe tempo ruim.

Minha mãe é minha mãe ora bolas! É a mulher mais importante do mundo! Hoje que eu tbm sou mãe, posso entendê-a um pouquinho melhor.

A minha mãe é a mãe que eu quero ser! 

Mãe, se um dia eu for para o Gabi, 1/3 do que tu és pra mim e se um dia ele tiver por mim 1/3 do amor e admiração que tenho por ti, posso dizer que cumpri a minha missão.

Mãe, não importa aonde, quando ou como eu esteja, seja em qual vida for, nessa ou nas próximas, não importa quantos filhos eu tenha, eu sempre vou ser filha e perto de ti eu sempre vou me sentir uma criança e teu colo vai ser sempre o lugar pra onde vou correr, seja uma situação boa ou um aperto no coração.

Te amo mãe, infinitamente! Feliz Dia das Mães!

0 comentários:

Postar um comentário